16/06/2014 07:30
Versão natural: saiba os benefícios dos leites sem lactose
Desde que a lactose (açúcar do leite de vaca) foi apontada como uma das vilãs da dieta (por causar inchaços e possível aumento de peso), os leites de origem vegetal têm ocupado lugar de honra no cardápio de quem busca uma silhueta esbelta.
Extraídas de cereais, sementes e oleaginosas, essas versões da bebida são enriquecidas com cálcio e fósforo e por isso são boas fontes de energia com baixo valor calórico. Além disso, oferecem benefícios importantes para a saúde, prevenindo o diabetes e equilibrando os níveis de colesterol ruim no sangue. "Assim como o leite de vaca, podem ser consumidos quentes, gelados, puros, com café ou batidos com frutas. Beba até três copos por dia ou adicione em receitas de bolos e tortas", diz a endocrinologista Maria Fernanda Barca, de São Paulo. São encontrados prontos em supermercados ou podem ser feitos em casa. Conheça os mais populares, suas funções e veja receitas.
SOJA 
É um dos mais conhecidos e procurados por apresentar sabor agradável e consistência densa. Também é considerado o que chega mais próximo ao leite de vaca por ter altos índices de proteína e cálcio entre as opções vegetais. Um copo de 200 ml da versão zero açúcar tem cerca de 60 calorias (mesmo valor do leite convencional desnatado). Atenção às variações com sabor de frutas, que costumam apresentar o dobro de calorias.
ARROZ
Derivado do cereal, entra no grupo dos carboidratos, sendo uma boa fonte de energia.Tem baixo teor de gordura e um copo de 200 ml contém cerca de 50 calorias. Por outro lado, é um dos mais pobres em proteína. Em alguns casos, a suplementação oral pode ser recomendada.
AVEIA
Também pertence ao time dos carboidratos por ser extraído de um cereal. Possui índices parecidos com os do leite de arroz (poucas proteínas e calorias) e tem absorção mais lenta, prolongando a sensação de saciedade - boa opção para quem quer enxugar alguns quilinhos.
AMÊNDOAS
Tem o sabor mais agradável de todos, principalmente quando feito em casa. Contém grande quantidade de proteína e de gordura (ômegas 3 e 6, benéficas para o corpo), o que o torna o mais calórico de todos - há cerca de 170 calorias
em um copo de 200 ml.
QUEM PODE TOMAR
Normalmente, os leites de origem vegetal são indicados para pessoas com intolerância à lactose, alérgicas à proteína do leite de vaca ou portadoras de doença celíaca (intolerância ao glúten). Em dietas de emagrecimento (feitas por quem não tem intolerância),o ideal é intercalar o consumo dos dois tipos (o de vaca desnatado e o vegetal). "Não há comprovação científica de que a lactose esteja ligada ao ganho de peso. Por isso, se não há um diagnóstico de intolerância ou alergia, não há por que retirá-la completamente da dieta. Aliás, isso pode até comprometer a saúde, levando a um déficit de cálcio, fósforo e vitaminas", avisa a nutricionista Daniela Fagioli Masson, de São Paulo.
RECEITAS
Leite de Amêndoas
Ingredientes: 1 copo de amêndoas crua e 4 copos de água.
Modo de preparo: Em uma travessa, coloque as amêndoas, cubra-as com água e deixe na geladeira por um ou dois dias. Escorra a água, retire a película (opcional) e bata as amêndoas no liquidificador, acrescentando água fresca aos poucos. Coe em um pano fino. Se não for consumir na hora, deve-se guardar o leite fresco por até três dias na geladeira.
Leite de arroz
Ingredientes: 2 xícaras de arroz integral, 2 xícaras de água mineral para hidratar e4 xícaras de água mineral quente.
Modo de praparo: Deixar o arroz na água entre oito e 10 horas para hidratar. Escorra e, em seguida, junte o arroz com água quente e bata no liquidificador por 15 minutos. Coar várias vezes até retirar todo o resíduo do arroz.

Fonte: http://revistamarieclaire.globo.com/
Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar!

Nome:
E-mail:

* seu e-mail não será publicado.
Comentário:
Digite o código ao lado:
(gerar outro código)