17/11/2014 07:34
19 dicas para colocar a sustentabilidade no seu dia a dia
Leitura indispensável para quem quer mudar suas atitudes e criar um mundo melhor.

Impregnar nosso cotidiano de práticas sustentáveis é um dos caminhos a serem percorridos para preservar a qualidade de vida das futuras gerações. Simples dicas para mudanças de hábitos são passos importantes que contribuem para uma sólida mudança planetária. Com atitudes que visam a preservação dos recursos naturais, mantendo o equilíbrio ecológico em nosso planeta, as práticas sustentáveis estão relacionadas à diminuição da poluição, incentivo à reciclagem, reflorestamento, uso responsável da água e eliminação do desperdício. O objetivo é reduzir ao máximo os impactos ao meio ambiente. Confira nossas dicas:

Recicle: Você sabia que mais da metade do lixo da sua casa pode ser reciclado? Basta separar os materiais recicláveis do lixo orgânico e do que não pode ser reciclado e descartá-lo em centros de coleta seletiva;

Faça compostagem: O ato de transformar resíduos orgânicos em adubo é benéfico para o meio ambiente. Conheça as composteiras domésticas da Morada da Floresta; http://www.moradadafloresta.org.br/produtos-principal/composteiras-domesticas

Precisa mesmo do ar-condicionado? Na maior parte das vezes, uma janela aberta resolve o incômodo do calor. Quando for usar o ar-condicionado, aumente em 2 graus. Com essa atitude, você evita que 900 kg de dióxido de carbono por ano subam para a atmosfera. Uma boa alternativa é usar um bom ventilador, que consome menos energia do que o ar-condicionado;

Utilize lâmpadas fluorescentes: Elas são mais econômicas e gastam até 65% menos energia, além de durarem até 10 vezes mais do que as lâmpadas comuns, reduzindo, assim, a geração de resíduos;

Prefira eletrodomésticos ecoeficientes - Compre apenas eletrodomésticos que tenham avaliação "A" no selo Procel. Eles ajudam a diminuir sua conta de luz e permitem o uso mais eficiente de energia elétrica. Veja no site a lista completa dos eletrodomésticos que tem o selo Procel;

Feche a tampa da panela: Com isso há uma maior concentração de calor e economia de gás de cozinha;

Feche bem a porta da geladeira: Caso ela fique aberta, há um maior consumo de energia para manter a temperatura. Pense no que quer pegar antes de abri-la. Evite manter a temperatura interna do refrigerador inferior a 5 graus. Isso aumenta o consumo energético em cerca de 7%;

Trabalhe em casa: Se a sua atividade profissional permite, trabalhe remotamente alguns dias por semana. Ao trabalhar de casa, você gasta menos combustível e diminui o estresse do deslocamento;

Desligue o monitor:  Quando sair da sala de trabalho, desligue o monitor do computador. As proteções de tela também gastam energia que pode ser economizada apenas ao apertar um botão;

Reduza as impressões: Pense antes de imprimir, com isso há economia de tinta e de papel. A fabricação de mais papel faz com que sejam derrubadas mais árvores, aumentando o aquecimento global e diminuindo a qualidade do ar e da água. Caso seja necessário imprimir, opte sempre pelo papel com selo FSC, imprima só o necessário no modo econômico e utilize os dois lados da folha;

Utilize transporte coletivo: Caso você não possa fazer home office, tente trocar o transporte individual por coletivo ou bicicleta. Outra opção é dividir o percurso com colegas de trabalho;

Vá de escada: Crie o saudável hábito de substituir o elevador pelas escadas. Além de economizar energia, você fará um bem enorme para a sua saúde.

Racionalize o uso de pilhas: procure usar pilhar recarregáveis. Quando acabar sua validade, deposite-as em caixas coletoras específicas. As pilhas contaminam a água e o solo, com mercúrio e cádmio, e a atmosfera com vapores tóxicos;

Faça revisão regularmente em seu carro: Dessa forma você economiza combustível e despeja menos CO2 na atmosfera.

Fique atento à conta de luz: perceba quantos aparelhos eletrônicos ficam no modo de espera (stand-by) constantemente. Crie o hábito de tirar televisão, DVDs, sons e outros aparelhos da tomada e calcule a economia na conta;

Seja um agente voluntário do "apagão": Saia por aí apagando todas as luzes seja em casa, no trabalho, em banheiros públicos, restaurantes ou onde encontrar uma lâmpada acessa desnecessariamente. A conta nem sempre é você quem paga, mas o prejuízo ambiental reflete em todo o planeta;

Evite os descartáveis: prefira os alimentos fora das bandejas de isopor, o copo de vidro, as sacolas e guardanapos de pano, enfim, todo produto que se use, lave e use novamente. Assim, você economiza os recursos da natureza e diminui a quantidade de lixo, um dos grandes problemas do nosso tempo.

Leia os rótulos dos produtos: Evite os que possam conter transgênicos. Na dúvida, não compre.

Reflita, inspire outros, plante: Se cada brasileiro plantar uma árvore, serão 190 milhões de árvores a mais por ano no país. Se o mundo todo plantar, serão 6,5 bilhões. Uma árvore em crescimento absorve mais dióxido de carbono da atmosfera do que emite, reduzindo os gases responsáveis pelo aquecimento global.

Fonte: www.ecoredesocial.com.br
Comentários (0)

Seja o primeiro a comentar!

Nome:
E-mail:

* seu e-mail não será publicado.
Comentário:
Digite o código ao lado:
(gerar outro código)